Fasciíte Plantar




O que é a Fasciíte Plantar?
A fasciíte plantar é a condição dolorosa mais frequente da região de trás do pé. Nela, em geral ocorre um desalinhamento e enfraquecimento das fibras que compõem a fáscia plantar, a qual fica menos capaz de tolerar a carga imposta nas atividades diárias ou esportivas, por isso gerando dor.


A fasciíte não é inflamação?
Esse é um erro comum. Embora ela possa se iniciar como uma inflamação, via de regra não é isso que se observa em quem procura tratamento. Os estudos mostram que ocorre um afinamento das fibras da fáscia plantar, assim como um desalinhamento dessas que, como citamos acima, tornam a fáscia menos resistente aos esforços. Dessa forma, atualmente há sugestões de que se mude o termo   -ite, que denomina inflamação, para o termo -patia, que é mais genérico. Fasciíte se tornaria fasciopatia plantar.


E a fáscia plantar, o que é?
A fáscia é um tecido de sustentação do pé, localizado na sola. Ela se caracteriza por ter fibras paralelamente alinhadas. Quando pisamos ou o pé está apoiado no chão, a tendência é que ocorra a pronação do pé, um movimento natural (erroneamente temido por muitos), que seria a queda do pé para "dentro", a fáscia plantar ajuda a limitar esse movimento.


Quais são os sintomas das Fasciíte?
Dores na sola do pé, em geral sentidas próximas ao calcanhar mas que podem se estender pela sola do pé, no trajeto da fáscia plantar. Frequentemente, essa dor é maior logo ao acordar e apoiar o pé no chão pela manhã, podendo diminuir ao longo do dia e/ou aumentar devido a esforços como correr, andar muito ou ficar muito tempo em pé.


Qual o trajeto da fáscia plantar?
A fáscia vai do calcanhar, se espalhando pela sola do pé, chegando até a cabeça dos metatarsos, conforme a figura.


desenho esquemático do trajeto da
fáscia plantar



Então, se eu tiver dor na sola do pé nesse trajeto, é porque tenho fasciíte?
Não recomendamos o auto-diagnóstico. Podemos até dizer que seria provável, mas não podemos dar qualquer sugestão a respeito. Outras condições, como metatarsalgia, lesão da gordura do calcanhar e outras, são possibilidades que podem, erroneamente, serem diagnosticadas como fasciíte plantar. Existe, até mesmo, a possibilidade de uma dor irradiada devido à compressão dos nervos. Seria a fasciíte plantar de origem neural.


Fasciíte Plantar de origem neural?
Sim, a sola do pé é inervada por nervos que descem pela perna. Compressão excessiva, devido à musculatura ou outras condições, pode gerar dor irradiada na sola, possivelmente acompanhada de formigamentos e alterações da sensibilidade. Mais uma vez enfatizamos, não tente realizar o auto-diagnóstico.


E o esporão? É a mesma coisa que Fasciíte?
Não. O esporão é uma proeminência óssea, que provavelmente se origina de tração que a fáscia exerce sobre o osso. mas o esporão não é a causa da dor na fasciíte, é apenas uma alteração óssea.


É uma boa tentar injeções de corticoesteróides?
Não! As injeções de corticoesteróides só trazem um alívio temporário e apresentam uma série de riscos, inclusive de ruptura da fáscia plantar.


E o tratamento, resolve? Vou poder retornar às minhas atividades ou vou precisar de cirurgia?

Não pense em cirurgia! Uma Fisioterapia Especializada para fasciíte plantar é o tratamento de primeira linha com altíssimas taxas de sucesso.



Venha conferir nosso atendimento especializado para atletas e não-atletas com fasciíte plantar. Entre em contato: (11) 3501-9531 e 3744-6394.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja bem vindo em comentar e dividir sua opinião. Pedimos apenas que seja respeitoso com todos e que se identifique através de seu nome, profissão e e-mail.

Comentários sem identificação serão moderados e/ou deletados.

TrendsTops

TrendsTops - Agregador de Links

Eu Te Salvo

Uêba

Uêba - Os Melhores Links